Dicas e novidades

Fique por dentro
Para saber mais sobre locação de veículos, gestão de frotas, aluguel de carros especiais, entre outros assuntos da área, acompanhe o blog da One Way!
Dicas e novidades
Placa Mercosul

Compartilhe essa dica!

Placa Mercosul: o que é, quando trocar e outras dúvidas

Desde o final do mês de janeiro, entrou em vigor no Brasil a placa do Mercosul. Não sabe o que é isso e como funciona? Continue a leitura que preparamos um conteúdo especial sobre este assunto. Antes de mais nada, não se preocupe. Essencialmente, essas novas placas são obrigatórias apenas para carros novos e em situações que exijam a troca – que explicaremos mais abaixo. Vamos lá?

O que é a Placa Mercosul

As placas de identificação de veículos no Mercosul são um sistema de implantação nos países membros do bloco regional fundado em 1991. Em comparação ao modelo anterior, a principal diferença é o padrão visual da placa: ela terá fundo branco e uma faixa azul na parte superior. Além disso, a sequência também foi alterada. Atualmente, temos placas com três letras e quatro números, na placa Mercosul temos quatro letras e três números.

Quem precisa fazer a troca?

Como destacamos no começo do artigo, a troca ainda não é obrigatória para todo mundo. Existem alguns critérios que exigem o novo emplacamento do Mercosul, são eles:

  • Carros novos;
  • Veículos que passaram por mudança de município;
    Automóveis que trocaram de categoria (um táxi que passa a ser carro de passeio, por exemplo);
  • Veículos que a placa não foi aprovada em vistoria ou está ilegível.

É importante destacar que, caso alguém queira voluntariamente trocar a sua placa, é possível fazê-lo se o Estado onde o veículo está registrado já tiver implementado o novo sistema.

De acordo com o Detran do Rio de Janeiro, os automóveis que não se enquadram nos quesitos acima não precisam trocar de placas. Entretanto, espera-se que, gradualmente, todos os veículos circulantes no país recebam a nova placa.

Leia também: Álcool ou gasolina?

Quando a placa Mercosul estará disponível para todo o Brasl?

O prazo inicial para a implementação do emplacamento no Brasil era no final de 2018, contudo, inúmeras liminares e debates fez com que ela fosse adiada para os últimos dias de janeiro de 2020. Por enquanto, os únicos Estados que já aderiram à placa Mercosul foram o Rio de Janeiro; Amazonas; Rio Grande do Sul; Espírito Santo; Paraná e Rio Grande do Norte.

Para os outros Estados, ainda não há um prazo determinado.

Quanto ela vai custar?

No Rio de Janeiro, por exemplo, o valor da placa diminuiu em relação ao anterior! O custo do novo emplacamento foi de R$ 193,84 para carros e R$64,61 para motocicletas. No modelo anterior, os valores eram R$ 219,35 e R$ 90,12, respectivamente.

Infelizmente, ainda não sabemos se as outras regiões do país adotarão a mesma política de preços que o Estado carioca. Isso porque os Detran de cada local têm autonomia para cobrar um valor diferente.

Para o quê serve o QR Code na placa?

O propósito do QR Code na placa é fornecer informações adicionais sobre o veículo e, segundo o governo, para poder rastreá-lo. Com ele, as autoridades de trânsito poderão acessar imediatamente dados do carro e checar se há algum tipo de clonagem.

Essas foram as principais dúvidas em relação a placa Mercosul. O que achou do nosso artigo? O seu carro precisará do novo emplacamento? Se ficou com alguma dúvida, deixe nos comentários. Não esqueça também de compartilhar esse conteúdo com os seus contatos e de acompanhar as notícias em nosso blog.

Até a próxima!

Leia também: