Category Archives: Sem categoria

Utilitários

Veículos utilitários: o que são e modelos

Os veículos utilitários são aqueles que possuem uma capacidade considerável de carregar tanto objetos quanto pessoas sem a necessidade de acoplar um compartimento extra. Ou seja, podem funcionar muito bem tanto para trabalho de carretos, logística ou transporte, como também para passeio de toda família.

Os maiores exemplos desse tipo de veículo são os SUV (sport utility vehicle, traduzido como veículo utilitário esportivo) e também as pick-ups, vans, kombis e por aí vai.

Quando surgiram

Os utilitários “nasceram” com a necessidade de se transportar cargas e pessoas ao mesmo tempo. O primeiro carro similar aos utilitários atuais foi o Ford T, lançado em 1917, esse modelo gerou o que chamamos de picapes.

Tipos de veículos utilitários

Existem dois tipos de veículos utilitários: os leves e os tradicionais. Os leves são também conhecidos como esportivos, e nessa categoria se encontram praticamente todos os modelos SUVs. São utilizados principalmente para passeios, transporte, lazer, enfim: uso pessoal.

Já os tradicionais são mais robustos e funcionam melhor para o transporte de cargas e objetos pesados. Neste carro, os veículos possuem espaço maior para carga e transporte, por isso costumam ser mais presentes para a realização de trabalhos.

Principais características

  • São mais leves do que caminhões
  • Comportam amplo espaço para carga
  • Maior conforto para passageiros
  • Possuem motor mais potente que carros populares
  • Bom desempenho em estradas e caminhos de difícil acesso

Modelos de utilitários

Existem diversas marcas que investem nos utilitários, afinal eles são boa aposta para diversas situações. Alguns dos principais modelos que você pode considerar dentro dessa categoria são:

Aluguel de utilitário

Os utilitários são muito utilizados em transportes de cargas de pequeno e médio porte, muitas vezes em mudanças, dessa forma, a locação acaba se tornando uma solução para quem precisa utilizar esporadicamente.

A One Way é uma loja de utilitários em SP, oferecendo preços baixos e atendimento de qualidade para todos os clientes. Conheça nossas opções!

 

Placa Mercosul

Placa Mercosul: o que é, quando trocar e outras dúvidas

Desde o final do mês de janeiro, entrou em vigor no Brasil a placa do Mercosul. Não sabe o que é isso e como funciona? Continue a leitura que preparamos um conteúdo especial sobre este assunto. Antes de mais nada, não se preocupe. Essencialmente, essas novas placas são obrigatórias apenas para carros novos e em situações que exijam a troca – que explicaremos mais abaixo. Vamos lá?

O que é a Placa Mercosul

As placas de identificação de veículos no Mercosul são um sistema de implantação nos países membros do bloco regional fundado em 1991. Em comparação ao modelo anterior, a principal diferença é o padrão visual da placa: ela terá fundo branco e uma faixa azul na parte superior. Além disso, a sequência também foi alterada. Atualmente, temos placas com três letras e quatro números, na placa Mercosul temos quatro letras e três números.

Quem precisa fazer a troca?

Como destacamos no começo do artigo, a troca ainda não é obrigatória para todo mundo. Existem alguns critérios que exigem o novo emplacamento do Mercosul, são eles:

  • Carros novos;
  • Veículos que passaram por mudança de município;
    Automóveis que trocaram de categoria (um táxi que passa a ser carro de passeio, por exemplo);
  • Veículos que a placa não foi aprovada em vistoria ou está ilegível.

É importante destacar que, caso alguém queira voluntariamente trocar a sua placa, é possível fazê-lo se o Estado onde o veículo está registrado já tiver implementado o novo sistema.

De acordo com o Detran do Rio de Janeiro, os automóveis que não se enquadram nos quesitos acima não precisam trocar de placas. Entretanto, espera-se que, gradualmente, todos os veículos circulantes no país recebam a nova placa.

Leia também: Álcool ou gasolina?

Quando a placa Mercosul estará disponível para todo o Brasl?

O prazo inicial para a implementação do emplacamento no Brasil era no final de 2018, contudo, inúmeras liminares e debates fez com que ela fosse adiada para os últimos dias de janeiro de 2020. Por enquanto, os únicos Estados que já aderiram à placa Mercosul foram o Rio de Janeiro; Amazonas; Rio Grande do Sul; Espírito Santo; Paraná e Rio Grande do Norte.

Para os outros Estados, ainda não há um prazo determinado.

Quanto ela vai custar?

No Rio de Janeiro, por exemplo, o valor da placa diminuiu em relação ao anterior! O custo do novo emplacamento foi de R$ 193,84 para carros e R$64,61 para motocicletas. No modelo anterior, os valores eram R$ 219,35 e R$ 90,12, respectivamente.

Infelizmente, ainda não sabemos se as outras regiões do país adotarão a mesma política de preços que o Estado carioca. Isso porque os Detran de cada local têm autonomia para cobrar um valor diferente.

Para o quê serve o QR Code na placa?

O propósito do QR Code na placa é fornecer informações adicionais sobre o veículo e, segundo o governo, para poder rastreá-lo. Com ele, as autoridades de trânsito poderão acessar imediatamente dados do carro e checar se há algum tipo de clonagem.

Essas foram as principais dúvidas em relação a placa Mercosul. O que achou do nosso artigo? O seu carro precisará do novo emplacamento? Se ficou com alguma dúvida, deixe nos comentários. Não esqueça também de compartilhar esse conteúdo com os seus contatos e de acompanhar as notícias em nosso blog.

Até a próxima!

Viagens corporativas: dicas!

Viagens Corporativas: como melhorar a logística da sua empresa

É muito comum em alguns negócios a necessidade de viagens corporativas! Às vezes, precisamos ir até outra cidade para fechar uma parceria; apresentar um projeto e entre outros processos para desenvolver ainda mais os nosso serviços. Pensando nisso, no artigo de hoje vamos explicar melhor como melhorar a logística da sua empresa para essas viagens. Vamos lá?

Como organizar a logística das viagens corporativas

Conforme adiantamos no começo do artigo, viagens a trabalho são muito importantes, já que trazem inúmeros benefícios para a sua empresa. Entretanto, para garantir o sucesso deste momento, é preciso planejar toda a logística da viagem corporativa. Assim, a experiência será positiva para o seu colaborador e o trabalho será ainda mais bem feito.

Uma logística bem definida e aplicada ajuda a diminuir, ao máximo, a possibilidade de riscos – garantindo assim, conforto e satisfação da equipe envolvida na negociação fora do escritório.

Tenha uma política de viagens corporativas bem definida

Dentro deste contextos de planejamento, esperamos que a sua empresa tenha uma política de viagem corporativa bem definida. Ou seja, é importante ter um documento oficial que contenha a descrição de todos os critérios e normas fundamentais para que a viagem ocorra. Neste documento, indique orçamento disponível, regras de reembolso, as práticas de segurança que precisam ser seguidas, entre outras informações que julgue pertinentes.

As opções de transporte para viagens corporativas

Existem quatro opções de transportes disponíveis para viagens corporativas. Saiba melhor quando usar cada um abaixo.

Aluguel de Carro

O aluguel de carro é uma opção interessante para viagens a curta distância e que exige deslocamento para mais de um destino. Por exemplo, a sua empresa está em São Paulo e a viagem é para Itu, e lá, o seu colaborador precisará ir em três clientes. Realizar a locação do automóvel é interessante para facilitar todo o transporte da pessoa.

Avião

Contudo, quando a viagem é para longas distâncias ou até mesmo mais urgente, o avião é a opção mais rápida e segura. Contudo, é válido reforçar que essa opção acaba encarecendo o orçamento.

Ônibus

É uma alternativa mais acessível para viagens a curta distância que o carro, mas lembre-se de acrescentar os gastos dentro da cidade para o transporte do colaborador.

Transfer Privativo

Por último, podemos citar o transfer privativo para viagens entre cidades próximas ou até mesmo como traslado do aeroporto para o hotel.

O que achou do nosso artigo sobre como melhorar a logística das viagens corporativas de sua empresa? Entendeu melhor como resolver essa situação? Se gostou, compartilhe com seus contatos e acompanhe nosso blog para aprender mais sobre esses assuntos.

Até a próxima!

Gestão de Frotas: veja como melhorar este serviço

Gestão de Entregas: dicas para melhorar esse serviço

O setor de logística é essencial para o sucesso as empresas que realizam o transporte de equipamentos e produtos. Por isso, é imprescindível contar com um sistema de gestão de entregas extremamente eficiente. Dessa forma, é possível reduzir gastos, otimizar o serviço e garantir a satisfação de seus clientes.

No artigo de hoje, vamos dar algumas dicas sobre como aprimorar as entregas do seu negócio. Confira!

Terceirização de frotas para agilizar a gestão de entregas

O transporte de mercadorias é delicado, pois qualquer atraso pode comprometer a imagem da sua empresa para os clientes. É justamente por isso que a gestão de entregas tem um papel fundamental para garantir uma experiência positivo para o consumidor.

Mas como podemos melhorar as entregas? A terceirização de frota é uma das alternativas mais interessantes para quem quer diminuir gastos com a manutenção de uma frota própria, sem comprometer a qualidade das entregas.

Pense nisso: em vez de investir capital para manter todos os veículos em perfeito estado, você pode utilizar parte desses recursos e contratar a nossa frota terceirizada. Ou seja, parte do seu dinheiro pode ser concentrado em outros setores, o que acha?

Se você já decidiu entre comprar ou alugar um veículo para sua frota, veja mais 4 dicas que otimizam a gestão de entregas da sua empresa:

1. Planejamento das atividades

O planejamento é uma etapa fundamental para qualquer tipo de processo. Então, naturalmente, o gestor da logística deve estudar muito bem tudo o que será executado. Assim, é possível definir as melhores estratégias visando superar qualquer obstáculo e atingir as metas estabelecidas.

Dentro disso, a roteirização é uma ótima opção para melhorar a sua performance. Assim, a sua entrega será mais rápida e, por tabela, você economiza com manutenção, pneus, peças e combustíveis.

2. Monitoramento

Além de planejar e roteirizar a sua entrega, lembre-se de monitorá-la! Com o nosso serviço de terceirização de frotas, você consegue checar as suas entregas em tempo real, e claro, confirmar se está tudo sendo feito corretamente.

3. Controle da Jornada de Trabalho

O bem estar do seus trabalhadores é muito importante para um serviço de qualidade. Então, por que você não investe em softwares para gerenciar escalas de trabalho, disponibilidade de equipe e as principais atividades? Lembre-se que manter um time contente e motivado torna-se um excelente diferencial.

4. Analise a produtividade do seu time

Não esqueça: uma boa gestão de entregas é aquela que te garante eficiência e custos menores. Consequentemente, é fundamental que você acompanhe de perto o desempenho e a produtividade dos seus colaboradores e dos terceirizados. Dessa maneira, será possível identificar falhas no processo de entrega e melhorá-las o quanto antes.

O que achou do nosso artigo sobre gestão de entregas? Se está pensando em terceirizar as frotas da sua empresa, venha bater um papo com a gente. Nós temos o que você procura!

Se gostou do conteúdo, curta e compartilhe com seus amigos. Mensalmente trazemos novidades bacanas em nosso blog, discutindo sobre o segmento de terceirização de frotas, aluguel de carros e muito mais.

Até a próxima!

Abastecendo veículo

Álcool ou gasolina? Descubra o melhor combustível para sua frota

Os veículos flex se tornaram uma excelente opção nesse período de instabilidade nos preços dos combustíveis, especialmente por conta da inflação. Mesmo com evidências de que tanto álcool, quanto a gasolina, oferecem benefícios para o funcionamento do motor, há muitas dúvidas em relação a melhor escolha para o seu automóvel.

Nesse artigo, vamos analisar as duas opções, avaliando itens como desempenho, desgaste e custo-benefício. Então, se deseja entender as principais diferenças entre os dois, acompanhe nosso artigo até o final.

Antes de começarmos, é válido ressaltar: a ideia de que um determinado carro se adapta apenas a um tipo de combustível e pode “rejeitar” outro, é totalmente inapropriada. Não existe tal coisa, certo? Dito isso, vamos a análise!

Vantagens e desvantagens da gasolina e do álcool

A principal diferença entre a gasolina e o álcool é o fato de que o primeiro é derivado do petróleo, enquanto o segundo, deriva da cana de açúcar; portanto, é uma fonte de energia renovável. Dessa forma, além de ser menos poluente, o etanol tem custo menor por litro. No entanto, uma desvantagem desse combustível é a sua menor eficiência, sendo que é preciso queimar mais álcool para gerar a mesma energia que a outra opção. A gasolina, por outro lado, apresenta um rendimento melhor. Contudo, por ser derivada do petróleo, ela gera uma considerável emissão de gases poluentes.

Outras especificidades

O álcool é considerado um dos melhores limpadores de motor no mercado. A gasolina não fica atrás: é um ótimo lubrificante.

Entre álcool ou gasolina, é indicado escolher o mais barato?

Depende! Para pessoas que utilizam pouco o carro, é melhor apostar na gasolina premium e aditivada que duram mais tempo. No caso de veículos para frotas, pode ser interessante fazer um cálculo para saber qual a opção menos cara para o seu negócio. Lembrando que ambos os combustíveis possuem vantagens e desvantagens, por isso, é possível escolher baseando-se em aspectos mais pessoais. Uma informação importante: os carros abastecidos com álcool gastam 30% mais de combustível dos que usam gasolina. Não se esqueça de colocar isso na conta também.

Ainda está com dúvidas? Veja nossa explicação para o cálculo:

Multiplique o valor da gasolina do posto por 0,7. Se o resultado for mais que o do álcool, vale a pena abastecer com o etanol. Entretanto, se for menor, a melhor opção financeiramente é a gasolina.

Gostou do nosso artigo? Se gostaria de aprender mais sobre as melhores opções para o seu veículo, entre outras informações sobre o segmento de aluguel de carros, acompanhe o nosso blog e compartilhe com seus amigos.